terça-feira, abril 05, 2005

 

O engano

Ontem todas as redacções do País, acordaram em extâse.

Uma acção do Primeiro Ministro, devidamente anunciada e com presença de jornalistas. Com certeza algo de muito importante seria anunciado ao país e numa matéria de notável importância pública a EDUCAÇÃO.

E pela manhã o Primeiro Ministro aparece, junto das criancinhas, numa linda imagem para as TV's, a fazer o seu anúncio. Reparem que inclusivamente no anúncio público as criancinhas estiveram sempre presentes. Afinal eles eram os destinatários do anúncio governamental. E claro que as crianças ficam sempre bem na TV.

O Primeiro Ministro anunciou; a senhora ministra explicou.

A ocupação dos furos e faltas de professores dos alunos- brilhante ideia-, afinal já está em prática em várias escolas, os exames do nono ano desejam-se para o próximo ano mas não para todos ainda não se sabe bem...

Sócrates deixou-nos uma mão cheia de nada, anunciou o que já existe e o que sabíamos todos, está para existir.

Sócrates usou a comunicação social para passar na TV e nos jornais junto das crianças. Sócrates pensa que pode usar a comunicação social em seu proveito, nos seus tempos mediáticos, na sua medida.

Sócrates está enganado. Não há almoços grátis Senhor Primeiro Ministro. E a Legislatura ainda agora começou...

Comments:
De fcato, é incompreensível esta actuação de Sócrates! Eu não entendo o que pretendia: se enganar alguém, se quebrar o silêncio do governo ou se pretendia que a comunicação social se lembrasse que, por muito pouco que pareça, já temos governo. Depois, o anúncio de algo que, nalgumas escolas, está já em vigor há cerca de 2 anos... O novo governo no seu melhor! Um abraço, Inexplicado
 
No lugar de "fcato", dever-se-á ler "facto". Um abraço
 
You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it »
 
This is very interesting site... »
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?