segunda-feira, maio 30, 2005

 

Não

Para entrar em vigor, o Tratado tem de ser ratificado por todos os Estados-membros, alguns dos quais decidiram avançar para consultas, como é o caso de Portugal.

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, admitiu ontem à noite em Bruxelas que a vitória do "não" no referendo francês à Constituição europeia coloca dificuldades, mas sublinhou que o processo de ratificação do Tratado prosseguirá.
Durão Barroso, ou José Manuel Barroso, manifestou-se, no entanto, convicto de que a Europa "vai conseguir superar a situação", sublinhando que é "nos momentos difíceis" que os responsáveis políticos devem mostrar a sua "visão" e "capacidade de fazer face às dificuldades".
Agora, volta tudo à estaca zero! novas negociações e provavelmente um novo texto...mas vamos ver como é que o nosso Português resolve esta história!!!!

Comments:
"Nos momentos dificeis"
Como Ele fez no verão 2005.
Fugindo.
Abandonando o barco.
Grande comandante, desgraçado pôvo, que nele acreditou.
CRISE/desafios/respostas:
Bela oportunidade para que os dirigentes se revelem. Alguém acredita?
 
Where did you find it? Interesting read video editing programs
 
This is very interesting site... » »
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?