quinta-feira, abril 20, 2006

 

Suflê

O boletim da Primavera do Banco de Portugal, apresentado por Vítor Constâncio, é uma verdadeira desilusão para aqueles que iam embalados na sucessão de «happenings» reformistas do nosso Governo e pelo coro dedicado aos mesmos por parte da comunicação social. Depois de um ano de sacrifícios e reformas, a despesa do Estado subiu, o défice estrutural aumentou e, não fosse o aumento brutal dos impostos que todos sentimos, o descalabro seria ainda maior.

Ontem, graças ao relatório do Banco de Portugal, muitos começaram outra vez a acordar da ilusão do sonho do país tecnológico e renovado!

Comments:
I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! » »
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?